APOSENTADORIA POR TEMPO DE

CONTRIBUIÇÃO


A aposentadoria por tempo de contribuição é direito ao segurado que completou:

35 anos de contribuição se for homem;
30 anos se for mulher.

Não existe idade mínima para obter o direito a aposentadoria por tempo de contribuição integral:

APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO

Se uma mulher começou a trabalhar com 12 anos de idade, sem interrupção, poderá ter direito a aposentadoria por tempo de contribuição aos 42 anos de idade, e o homem, com 47 anos.

Talvez possa parecer uma aposentadoria muito jovem, mas com esse tempo de serviço, tais trabalhadores foram os que mais realizaram contribuição ao INSS, sendo assim um direito justo. Ainda, o valor da aposentadoria é reduzido pelo Fator Previdenciário.

A partir de 31 anos de contribuição (homem) e 26 anos (mulher) é possível que haja o direito a aposentadoria proporcional, direito que analisamos para os nossos clientes e apresentamos comparativos para análise da forma mais vantajosa de aposentadoria.

Em caso de Aposentadoria Proporcional é necessário possuir no mínimo 48 de idade se for mulher e 53 anos de idade se for homem.

Em geral não é vantagem adiar a aposentadoria, com raríssimas exceções. Se você acredita já possuir o tempo de serviço necessário, entre em contato com urgência para não perder valores para o INSS.

A urgência é fundamental, pois a lei só garante o direito de aposentadoria por tempo de contribuição (tempo de serviço) a partir da data que houver o pedido agendado e protocolado no INSS.

Dúvidas frequentes:
► Posso incluir o tempo de serviço que trabalhei na área rural ou como pescador com meus pais e família?

É possível contar tal tempo no INSS desde os 12 anos de idade até o casamento, ou primeiro emprego com carteira assinada.

► E o tempo de serviço em atividades altamente insalubres ou perigosas?

É possível contar esse tempo com um acréscimo de 40% para o homem e 20% para a mulher, em geral (em casos raros esse percentual é maior).

Como se popularizou o termo: O homem a cada 10 anos de trabalho conta como se tivesse trabalhado 14 anos, e a mulher como se tivesse trabalhado 12 anos.

Porém, para conseguir comprovar isso na justiça é necessário fazer um extenso trabalho de produção de provas, como a comprovação de exposição a agentes químicos, físicos ou biológicos nocivos a saúde.

Nosso escritório é especializado na produção de tais provas, possuindo inclusive convênio com engenheiros e médicos.

Caso tenha alguma dúvida sobre aposentadoria por tempo de contribuição, tempo de serviço, aposentadoria proporcional ou outro assunto previdenciário, realize consulta via internet conosco clicando aqui.

Banner Contato